Loading...

terça-feira, 23 de outubro de 2012

PIRARARA GIGANTE Capturada em barco Hotel no Rio Guaporé


Mais uma boa Pirarara capturada no mês de Outubro em uma pescaria no Rio Guaporé a bordo do Barco Hotel Maanaim, o barco hotel no Rio Guaporé estava navegando nas imediações de Porto Rolim no médio Rio Guaporé quado o peixe foi fisgado.Este exemplar chega fácil aos 40 Kg. E 1.30 mts., foi fisgado ao anoitecer com isca de piranha caju e material de 80 lbs.

Peixes deste porte vêm dando o ar da graça freqüentemente nas pescarias no Rio Guaporé na região de Porto Rolim.

Aos interessados em fazer uma pescaria em barco hotel no Rio GuaporéBarco Hotel Maanaim oferece aos pescadores esportivos pacotes de pescaria no Rio Guaporé com 05 dias de pesca, tudo isso a bordo do melhor barco do Rio Guaporé.

Reservas para 2013 já estão abertas mais informações poderão ser encontradas em nosso site o link para acesso esta no final da postagem. 
PIRARARA BARCO HOTEL  NO RIO GUAPORÉ
(69) 8125 2555 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Barco Hotel no Rio Guaporé - quais as vantagens?

Quais as vantagens de se pescar em um Barco Hotel ?

Já vai longe o tempo em que utilizar um Barco Hotel para pescar significava dormir em redes e tomar banho no rio. No Barco Hotel moderno, a vida é boa: há garçons, ar-condicionado e banheiro privativos, telefone via satélite, sala de estar com DVD, restaurante e solarium, além de todos os comes e bebes imagináveis, de receitas regionais a cozinha internacional. As diárias incluem pensões completíssimas que costumam abranger refeições, água, sucos, refrigerantes, cerveja e outras bebidas como whisky ou vodca, sem contar petiscos e lanches.
Hoje, na pesca esportiva, é indiscutível a vantagem do Barco Hotel. A possibilidade de se chegar a pontos remotos de pesca dá ao pescador a oportunidade de estar a onde está a maior quantidade e os maiores peixes.
barco hotel já é comum em pescarias pelos rios da Amazônia e é a melhor opção para este tipo de aventura. Ele oferece o luxo dos hotéis, a possibilidade do contato direto com a natureza, a beleza de poder ver locais e paisagens inexploradas e o prazer de pescar belos e grandes peixes.
O que distingue a pescaria a partir de umbarco hotel, em relação às Pousadas na região onde o mesmo atua, é que o barco hotel permite cobrir um território de pesca muito maior, pois o barco hotel chega a se deslocar grandes distancia do seu porto de origem, ampliando portanto o leque de oportunidades para os pescadores encontrarem os melhores pontos de pesca. O Barco Hotel funciona, na verdade, como uma nave-mãe. Transporta os hóspedes até as águas longínquas. E, depois, libera sua frota de lanchas de alumínio, com motores de popa e elétrico. Piloteiros conduzem os pescadores aos locais, como igarapés , igapós, lagos, baias  etc - onde se escondem os peixões. Ninguém fica para trás: a quantidade de voadeiras no barco hotel, em geral, é proporcional ao número de turistas a bordo.
Os rios próximos às cidades, tanto as grandes quanto medidas e pequenas, já foram muito explorados pela pesca profissional. A vantagem da mobilidade do Barco Hotel leva os praticantes da pesca esportiva a lugares muito distante das áreas exploradas dando a eles a chance de alcançar áreas não atingidas pela pesca predatória. É prazeroso estar em um lugar onde os únicos sons que se ouve são os dos pássaros, o pulo do peixe na luta contra o pescador e os sons da floresta.
Barco Hotel dá aos participantes da viagem outra vantagem: a privacidade para a convivência de grupos formados por amigos ou famílias, pois a lotação desses barcos em média está entre 12 e 24 passageiros, permitindo sua contratação para turmas que já pescam juntas há muitos anos. O Barco Hoteltem equipe completa para prestar bons serviços, desde o comandante até o garçom, incluindo-se os piloteiros experientes, normalmente nativos da região. Desnecessário dizer que o Barco Hotel  de pesca e turismo é uma embarcação segura, fiscalizada pela Marinha e vistoriada anualmente.
Outro lado interessante do Barco Hotel é que os pacotes oferecidos usualmente são completos desde o embarque, isto é, incluem o transporte, hospedagem com pensão completa, com excelente cozinha, bebidas (cerveja, refrigerantes e água), serviço de barco, motor e piloteiro, a gasolina dos barcos, as iscas naturais da região. Isso deixa bem definido o custo da pescaria, a partir do embarque no Barco Hotel.   Por falar em custo, há desde Barco Hotel mais simples, mesmo assim oferecem conforto, com ar condicionado nos camarotes e no restaurante e sala de lazer.
Finalmente, um aspecto que não pode ser esquecido, na viagem em um Barco Hotel, é a oportunidade de se ver as belas paisagens amazônicas que o deslocamento do Barco Hotel vai revelando. Em geral o Barco Hotel tem um deck aberto em seu convés, de onde se pode apreciar a natureza, aves e animais, e curtir fins de tarde ensolarados de rara beleza.
É através do Barco Hotel que se tem a verdadeira dimensão do que é a Floresta Amazônica, pois, oBarco Hotel pode chegar a áreas inexploradas, sem a menor interferência do homem. Através de  uma viagem no Barco Hotel podemos sentir e ver o quanto é grande e bela a Amazônia.
Se você deseja conhecer a Amazônia com toda vantagem que o barco hotel pode lhe oferecer, então, venha conhecer o Barco Hotel Maanaim.
RESERVAS        (69) 8125 2555





quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Surubim Cachara Recorde no Rio Guaporé Barco Maanaim


Capturado por Francisco Ferreira da Costa Neto em Setembro de 2011 no Rio Guaporé na região de Porto Rolim, um surubim cachara com mais de 16Kg .
Isso vem comprovar cada vez mais a piscosidade do novo roteiro de Pesca do Barco Maanaim - I  que já está com seu calendário para temporada 2012 pronto, escolha sua data no site www.barcosmaanaim.com.br e venha desafiar os gigantes amazônicos.

Francisco Ferreira da Costa Neto Surubim Cachara 16 Kg.


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Barco Maanaim Vale do Guaporé Francisco Ferreira da Costa Neto. Cachorra capturada na temporada 2011

Como era de se esperar a temporada 2011 no novo roteiro de pesca do Barco Maanaim em Porto Rolim , esta sendo um sucesso, tanto na quantidade como na diversidade de espécies esportivas capturadas, abaixo foto de uma bonita cachorra com mais de 10 kg fisgada com isca de meia água. 
Barco Maanaim Guaporé Francisco F. da Costa Neto. Cachorra na meia água.
www.barcosmaanaim.com.br    
                                             
(69) 8125 2555

sábado, 25 de junho de 2011

Barco Hotel Maanaim Rio Guaporé muito Tambaqui no novo Roteiro em Porto Rolim.


Tambaquis fizeram a alegria dos pescadores na quarta viagem da temporada 2011 que começou em maio no novo roteiro de pesca do Barco Maanaim na região de Porto Rolim.
Todos os componentes do grupo tiveram a oportunidade de fisgarem seu Tambaqui, não foi diferente comigo, no pouco tempo que tive para pescar no segundo dia de pescaria capturei tres bons exemplares que depois de fotografados, foram devolvidos ao rio para continuar a dar prazer aos amentes da pesca esportiva.
Francisco Ferreira da Costa Neto. -  Tambaqui
Francisco Ferreira da Costa Neto. - Tambaqui

  www.barcosmaanaim.com.br
  barcomaanaim@uol.com.br
            (69) 8125 2555

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Muita Pirarara na temporada 2011 no novo roteiro do Barco Maanaim em Porto Rolim no Rio Guaporé.


Como era de se esperar o novo roteiro de pesca do Barco Maanaim na região de Porto Rolim no médio Rio Guaporé começou com tudo.

Nas duas primeiras viagens do ano, os peixes pesados da região deixou muito pescador atônito, tamanha foi a quantidade de linhas que se romperam nessas duas pescarias, foram capturados varios e bons peixes como Pirararas, Capararis, Tambaquis entre outros.
Estamos apenas iniciando a temporada que vai até Novembro e que está prometendo muita emoção aos amantes da pesca esportiva que estarão a bordo conosco nesta temporada.

Abaixo algumas fotos de uma das Pirararas Capturadas por mim semana passada.

Francisco Ferreira da Costa Neto. Barcos Maanaim                                

  Francisco Ferreira da Costa Neto. Barcos Maanaim               

Francisco Ferreira da Costa Neto. Barcos Maanaim.   

BARCOS MAANAIM 
(69) 8125 25 55
"Aqui Começa a Pescaria dos seus sonhos."                  

domingo, 27 de março de 2011

Francisco Ferreira da Costa Neto peixe Apapa Barcos Maanaim Rio Guaporé RO.


Francisco Ferreira da Costa Neto-BARCO MAANAIM-Peixe Apapa Rio Guaporé RO.
Comumente chamado de Apapá, Sardinhão, Dourada/Herring, Pellona castelnaeana é um peixe de escamas, corpo comprimido com cabeça e boca (ligeiramente voltada para cima) relativamente pequenas. Região pré-ventral serrilhada, nadadeira adiposa e linha lateral, geralmente, ausentes.
Da família da sardinha (Pristigasteridae), a maioria das espécies desta família é de origem marinha e estuarina. As espécies de água doce são peixes pelágicos (superfície e meia água), ocorrendo em rios, lagos e matas inundadas. Pequenos cardumes de apapá são comuns em corredeiras.
No Brasil existem duas espécies que apresentam essas características e também a mesma denominação popular(Apapá), é o caso do Pellona castelnaeana (Apapá-amarelo) já sitado anteriormente e o P. flavipinnis (Apapá-branco). As duas espécies se diferenciam facilmente pela coloração amarelada do apapá-amarelo e prateada do apapá-branco, ambos com o dorso escuro. O apapá-amarelo atinge mais de 60cm de comprimento total, enquanto o apapá-branco é um pouco menor, chegando a 50cm.
As duas espécies podem ser encontradas juntas, sendo que o apapá-amarelo é mais comum e devido seu maior tamanho, mais esportivo e procurado. Esses peixes são encontrados nas Bacias amazônica e Araguaia -Tocantins (Pellona castelnaeana e P. flavipinnis) e Prata (P. flavipinnis).
Alimentam-se de pequenos peixes na superfície da água, durante as horas crepusculares. O apapá é considerado um peixe de 2ª classe, não sendo importante nas capturas comerciais, mas devido a seus espetaculares saltos após fisgados, proporcionam emoções ímpares a pescadores amadores e esportivos.
apapa_gd.jpg
O equipamento utilizado em suas pescarias é o de tamanho médio, e varas de ação rápida são os mais indicados para se fisgar esses peixes. Linhas de 10 a 12 lb com anzóis pequenos.
Podem ser capturados com iscas naturais, peixes pequenos ou em pedaços iscados sem chumbo, e artificiais como plugs de superfície e meia água, pequenas colheres e spinners.
As iscas devem ser trabalhadas bem na superfície da água. O pescador precisa ter muita atenção, porque, quando fisgados, esses peixes costumam saltar fora d’água, escapando com facilidade.
Francisco Ferreira da Costa Neto.
Barcos Maanaim Pesca Esportiva na Amazonia.
barcomaanaim@uol.com.br
Fone (69) 8131 3670


sábado, 26 de junho de 2010

BARCO MAANAIM Rio Guapore Peixe Caparari Temporada 2010


Francisco Ferreira da Costa Neto.
Peixe- Caparari (Pseudoplatystoma tigrinum)
Espécie piscívora, é capturado principalmente com iscas naturais de peixes, como sarapós, tuviras, lambaris, piaus, curimbatás (peixes pequenos inteiros e grandes cortados em postas ou filés), muçum e minhocuçu. Também pode ser capturado com iscas artificiais, como plugs de meia-água e de fundo, principalmente em lagos, lagoas e nas praias, mas, nesse caso, as iscas devem ser trabalhadas bem próximas ao fundo.
O caparari é um peixe de couro. Espécie de grande porte, uma das maiores do gênero, podendo alcançar mais de 1,30m de comprimento total, e pesar 35 quilos. O corpo é alongado e roliço; a cabeça grande e achatada. A coloração é cinza escuro no dorso, clareando em direção ao ventre, sendo esbranquiçada abaixo da linha lateral.
Habita toda bacia amazonica  capturado com frequencia no Vale do Guapore .
O exemplar acima foi pescado fotografado e liberado  nesta temporada 24/06/2010.


Francisco Ferreira da Costa Neto.
Barcos Maanaim Pesca Esportiva na Amazonia.

http://barcosmaanaim.spaces.live.com

http://barcosmaanaim.blogspot.com

http://www.uniblog.com.br/barcosmaanaimguapore

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Tambaqui 38Kg Rio Guaporé Barcos Maanaim-Francisco Ferreira da Costa Neto



Tambaqui Colossoma macropomum Família Characidae Natural da Bacia amazônica.

Peixe de escamas; corpo romboidal; nadadeira adiposa curta com raios na extremidade; dentes molariformes e rastros branquiais longos e numerosos. A coloração geralmente é parda na metade superior e preta na metade inferior do corpo, mas pode variar para mais clara ou mais escura dependendo da cor da água. Os alevinos são cinza claro com manchas escuras espalhadas na metade superior do corpo. O tambaqui alcança cerca de 90cm a 1.10 mts. de comprimento total. Antigamente eram capturados exemplares com até 55kg. Hoje, por causa da sobrepesca, praticamente não existem indivíduos desse porte mas os maiores ainda encontrados no Rio Guaporé RO .
Espécie migradora, realiza migrações reprodutivas, tróficas e de dispersão. Durante a época de cheia entra na mata inundada, onde se alimenta de frutos/sementes. Durante a seca, os indivíduos jovens ficam nos lagos de várzea onde se alimentam de zooplâncton e os adultos migram para os rios para desovar. Nessa época, se alimentam muito pouco, vivendo da gordura que acumularam durante a época cheia moram sempre nos mesmos poços, sua captura requer muita técnica, encontrado em vários pesqueiros no Rio Guaporé . É uma das espécies esportiva mais importantes da Amazônia.
Os equipamentos mais recomendados para pescalo são do tipo médio/pesado, e pesado para os grandes exemplares. As linhas devem ser de 17, 20, 25 , 30 e até 80 lb. Deve-se usar empates curtos, por causa dos dentes e da boca pequena do tambaqui. Os anzóis devem variar do n° 2/0 a 8/0 .
As iscas devem ser frutos da região, as preferidas pela espécie, e minhocuçu.
A pesca com anzol é mais fácil quando o peixe está batendo. A isca de minhocuçu, por exemplo, deve ser arremessada na batida do peixe.
Recorde IGFA
28,5kg/62lb 13 oz o exemplar acima pesou 38 Kg.
barcomaanaim@uol.com.br     barco_maanaim@hotmail.com

domingo, 5 de abril de 2009

Pirarara 55Kg Rio Guaporé Barco Maanaim- Francisco Ferreira da Costa Neto



Francisco Ferreira da Costa Neto - Barcos Maanaim Rio Guaporé RO.

Pirarara - 1.45 mts e 55 Kg.

Capturada em Outubro de 2008.

Equipamento utilizado: vara de 45 Lbs. linha multifilamento de 45Lbs., chumbo 40Gramas, Anzol 11/0.

Foi usado como isca uma cabeça de Traíra média.
Tempo 45minutos de um bom cabo de guerra.





Barcos Maanaim Pesca Esportiva na Amazonia.

E-mail- barcosmaanaim@barcosmaanaim.com

domingo, 18 de janeiro de 2009

Cachoeira das Andorinhas Rio Aripuanã.


Situada no médio Rio Aripuanã, afluente à margem direita do Rio Madeira, a Cachoeira das andorinhas é um cenário que encanta quem a visita.
Podemos observar na foto milhares de andorinhas voando sobre a cachoeira, as mesmas buscam se refrescar no spray produzido pela queda d'áqua, dai se originou o nome: Cachoeira das Andorinhas , recomendo o local, não só por sua beleza, más também aos amantes da Pesca Esportiva, o Rio Aripuanã desponta nos roteiros de pesca dos BARCOS MAANAIM, como uma de suas melhores opções de pesca .
Duvidas , reservas e contatos www.barcosmaanaim.com.

Contato:

Francisco Ferreira da Costa Neto.
Guia e Consultor de pesca.
barcomaanaim@uol.com.br ou barco_maanaim@hotmail.com

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

TUCUNARÉ AÇÚ


Francisco Ferreira da Costa Neto Peixe:Tucunaré Açú 10.800Kg. capturado na temporada 2008 Rio Machado, afluente da margem direita do Rio Madeira já no estado de Rondônia, BARCO MAANAIM - VII.
Nota-se que o peixe vai mudando sua coloração, ficando da cor da areia das praias onde está habitando , sendo que os que habitam em lagos são de cor amarelo-esverdeada. Melhor época de pesca-lo, vai de Junho ao final de Setembro , usando-se de preferência iscas artificiais.
video

BARCO MAANAIM VALE DO GUAPORÉ


Vale do Guaporé.
O Barco Hotel no Guaporé é uma ótima opção para quem deseja aventurar-se em busca da piscosidade dos rios e belezas da rica floresta amazônica. Possui 90pés de comprimento; Motorização de 200hp ; 6 suítes com banheiro privativo e ar condicionado sendo que: duas tripléx e quatro dupléx ; Refeitório e sala de TV via satélite, DVD e som CD ; Grupo gerador de 30kwa ; Deck com área de lazer ; Ampla área de sol na proa. O rio Guaporé nasce no estado de Mato Grosso e funciona como uma espécie de divisor natural das bacias do Prata e Amazônica. Junto com seus tributários são os maiores responsáveis pela grande densidade da mata e variedade da fauna local. Durante as cheias suas águas invadem as matas fertilizando os campos e formando imensas lagoas e igarapés que são os lugares onde se desencadeia um dos mais complexos processos de reprodução. É nesse ambiente que centenas de espécies de peixes encontram o lugar ideal para seu processo reprodutivo, o que faz do lugar um verdadeiro paraíso para os amantes da pesca esportiva. Se o seu sonho é partir em busca de lugares exclusivos para encontrar com os grandes e esportivos peixes da Bacia Amazônica, o rio Guaporé oferece inesquecíveis confrontos com Tambaquis, Tucunarés, Cacharas, Pintados, Capararis, Matrinchãs, Pacus, Apapás, Caranhas, Pirararas, Cachorras, Apaiaris, Jacundás e muitos outros. É inclusive desta região o registro da captura com caniço de mão do maior exemplar de Tambaqui de que se tem notícia (28,7 kg), ocorrido em setembro de 98, e que foi homologado pelo IGFA como o novo recorde mundial. Também foi no rio Guaporé que se procedeu a captura de um enorme Caparari (25 kg) que é um peixe de couro freqüentemente confundido com o Surubim Cachara.
Contato:
Francisco Ferreira da Costa Neto.
BARCOS MAANAIM Pesca Esportiva na Amazônia.
barcomaanaim@uol.com.br
(69) 8125 2555


BARCO MAANAIM - VII Amazonas


A pesca esportiva na amazônia, mais do que uma pescaria, é uma viagem cheia de aventuras e emoções.

Peixes agressivos, natureza exuberante, conforto e principalmente segurança.
Nós oferecemos programas de pesca esportiva, operados por profissionais, para quem deseja passar uma semana inesquecível travando brigas com os tucunarés gigantes e outros peixes brutos desta região. Tudo isso a bordo de um dos mais confortáveis e seguros barcos da Amazônia.
Estaremos a partir de Maio de 2009 fazendo expedições a rios remotos como o Rio Machado no Estado de Rondônia , Rio Canumã, Rio Camaiúa, Rio Sucunduri , Rio Acari além de centenas de lagos e igarapés que margeiam estes rios. Zarpando de cidades as margens do Rio Madeira como Nova Olinda do Norte - AM. Novo Aripuanã AM. Humaitá AM. , e Porto Velho capital de Rondônia. Localizada à margem direita do Rio Madeira o BARCO MAANAIM - VII Navegará nesta temporada todo o curso navegável do Rio Madeira e seus afluentes e lagos cerca de 1.300 KM em busca dos grandes Tucunarés Açú da Amazônia sonho de grande parcela dos pescadores esportivos de todo o mundo. Nestes locais a captura de grandes Tucunarés entre 5 a 11kg é comum. Sem mencionar que muitos destes são capturados no visual.
Além dos grandes Tucunarés tambem é abundante outras espécies esportivas da Bacia Amazônica como Capararís,Cacharas,Pirararas,Pacus,Matrinchâs e as briguentas Aruanãs.

Guia e consultor de pesca
BARCOS MAANAIM Pesca Esportiva Na Amazônia.


(69) 8125 2555


BARCO MAANAIM - VII Rio Madeira e afluentes